Setor Público

Gestão de Cidades

A implementação do conceito SIGA’S como instrumento de gestão visa o desenvolvimento de cidades Sustentáveis, com Planejamento Urbano Participativo (de acordo com o Estatuto das Cidades) e Inclusão Social. Agrega qualidade ambiental ao empreendimento e a comunidade do entorno, através da criação de legislação, de controle do uso do solo com proteção ambiental e desenvolvimento econômico, dando ênfase para cidade verde com a implantação de programa intenso de arborização urbana que proporciona a diminuição de temperatura.

O conceito ou sistema é acompanhado por programa de educação ambiental, garantindo a sensibilização e conscientização da comunidade.

Plano Diretor Ambiental de Cidades – Diretrizes de Sustentabilidade

  1. Plano de Saneamento Básico;
  2. Planos Municipais de Gestão Integrada de Resíduos Sólidos;
  3. Programas de formação e treinamento na área ambiental;
  4. Programa de Incentivo e Criação de Indústria de Beneficiamento de Materiais Recicláveis;
  5. Formação nas áreas de Gestão Pública Municipal para as novas lideranças que contribuíram em novos mandados a partir de 2013;
  6. Formação de Educadores Ambientais;
  7. Educação Ambiental através do Esporte Aventura e Outdoor training.
  8. Formação e capacitação na área de Sistema Informatizado para Modernização Tributária Municipal, com operações focadas em segmentos da Administração Municipal como: Arrecadação, Dívida Ativa, Sistemas de Informações Geográficas, Saúde, Educação;
  9. Relatório GRI.
Gestão de Resíduos Sólidos

Ao implementar  o SIGA”S, o foco  está no atendimento da Lei  12305/2010  que Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos,  onde todas as partes interessadas, governo, iniciativa privada, ONGs, dentre outros, se unem para criar um modelo de política que priorize a revalorização dos resíduos,  tarefa que demanda ações aglutinadoras de interesses comuns entre Gestão Publica, Gestão Privada e Sociedade Civil.

  • As Políticas Públicas de Resíduos Sólidos;
  • A metodologia de elaboração e implantação de programas de coleta seletiva como responsabilidade de todos.
  • Levantamento de Dados de RSU;
  • Diagnóstico para Soluções Integradas para RSU;
  • Usinas/Aterros/Compostagem nas Escolas/Biodiesel;
  • Área de Tratamento e Triagem;
  • Resíduos de Construção Civil e Demolições (RCD).
  • Os conceitos, caracterização, tipologia, ciclo de resíduos, legislação aplicável aos resíduos sólidos;
  • Os sistemas integrados de gerenciamento dos resíduos sólidos com suas fases, modelos e estratégias de gestão – acondicionamento, coleta, processamento tratamento, disposição final;
  • A gestão dos resíduos sólidos no âmbito dos Sistemas de Gestão Ambiental;
  • O desenvolvimento de programas de gestão ambiental, com ênfase nos resíduos sólidos;
  • O panorama Nacional e Internacional da Gestão de Resíduos Sólidos;
  • A problemática dos resíduos sólidos, a relação entre os resíduos sólidos e o desenvolvimento sustentável, a produção, consumo e descarte, os impactos dos resíduos sólidos na saúde pública, no meio ambiente e sociedade;
Gestão de Educação Pública

Sistema Integrado de Gestão Ambiental para Sustentabilidade Educacional (SIGA’S) é uma ferramenta metodológica que integra formação humana, comunicação, relacionamento consigo e com o outro, desenvolvimento, procedimentos e monitoramento de saberes, dentro do sistema educacional adotado, visando implementar políticas de gestão integradas  ao desenvolvimento sustentável, para atingir  o objetivo de forma eficiente, segura.O conceito SIGA”S, se tornou uma metodologia e foi desenvolvido para atender a necessidade de estrutura sistemática da Gestão Educacional,  alinhada aos processos científicos tecnológicos atuais, para o desenvolvimento do planejamento, organização, direção e controle institucional educacional,  direcionados à sustentabilidade com o compromisso de preservação da natureza, para  manutenção do ambiente, da sociedade e da economia.O Sistema Integrado de Gestão Ambiental para Sustentabilidade da Educação é composto por áreas sistematizadas de aplicação, seguindo as fases:

  • Fase 1. Legislação/Identidade/Análise (Regimento Integrado)
  • Fase 2. Mapeamento/Indicadores/Projeção
  • Fase 3. Estruturação Diretiva ( Direcionamento da Liderança)
  • Fase 3. Planejamento Orçamentário (Plano diretor e de carreira);
  • Fase 4. Plano Pedagógico Integrado (Currículo multidisciplinar sendo  EA o direcionador)
  • Fase 5. A formação do Educador Ambiental; (Geografia – reconhecimento da história, do território e da Biodiversidade);
  • Fase 6 Processo executivo (Política e Comportamento);
  • Fase 7. Acompanhamento
  • Fase 8. Relatório de Sustentabilidade – Global Reporting Iniciative (GRI)

O ISIE

O Instituto de Sustentabilidade, Inovação e Ensino (isie) nasceu em 2008, questionador dos procedimentos de ensino e aprendizagem tradicionais. Localizado em São Paulo, Campinas, ministra cursos de pós-graduação e aperfeiçoamento, além de projetos de pesquisas e consultorias.
Saiba mais


Compartilhe

Onde estamos

ISIE Administrativo
Rua Aurílio de Souza, 172 - Hipica
13092-634 Campinas – SP – Brasil
Telefones: (19) 4107-0607
isie@isie.eco.br